UncategorizedComo eliminar o caramujo africano

Como eliminar o caramujo africano

Contribuindo para a Londrina sustentavel. No varejo especializado há disponíveis iscas tóxicas que servem para eliminar caramujos. Há diversas espécies de caramujo no país, com destaque para o exótico e agressivo caramujo -gigante- africano (Achatina fulica), que tornou-se uma praga agrícola e urbana de importância econômica.

Lesmas e caramujos africanos têm sido um problema para agricultores e para quem tem um jardim ou horta em casa. Conheça alguns métodos para acabar com eles. Comum nesta época do ano o caramujo africano pode colocar em risco a saúde das pessoas, a praga urbana se prolifera com facilidade e deixa em alerta a Secretaria Municipal de Saúde de Diamantino (SMS). A bióloga Michelle Nobile informou que a forma ideal para conter o molusco é queimá-lo, e logo após enterrar . Com o período das chuvas, cresce a preocupação em relação ao caramujo africano.

A prefeitura, através do Departamento Municipal de Controle de Zoonoses, solicita a população colabore no trabalho de combate ao caramujo. Foi apresentado nesta quarta-feira, em Joinville, um produto que promete acabar com o caramujo africano (Achatina Fulica). O Metarex, produto desenvolvido especialmente para este caramujo tem . Jardim, horta, tem bicho, sempre. Caramujos , lesmas, e similares vêm em busca de alimento bom e umidade, e comem as folhas, fazem estragos. E muitos são, inclusive, vetores de parasitoses que podem afetar o ser humano, ou mesmo de vírus e bactérias.

Aqui quero falar do caramujo -gigante- africano , . Foi introduzido ilegalmente no Brasil na década de 8 com o intuito de oferecer um susbtituto mais interessante economicamente e de maior peso que o escargot verdadeiro (Helix aspersa). O clima chuvoso, frio e úmido estimula o aparecimento de caramujos africanos. Além do recolhimento do animal, a população deve manter os . Com o aumento do volume das chuvas, os caramujos também se proliferam, já que o ambiente natural desta praga são lugares úmidos. Por ser hermafrodita, ( que se reproduzem espontaneamente ), fica cada vez mais difícil erradicá-los, . O animal foi trazido da África para o Brasil a fim de ser utilizado na culinária como uma espécie de escargot, mas logo os especialistas descobriram que o caramujo africano era na verdade um inimigo que se tornou uma praga.

Para controlar a população deste animal na cidade, o Centro de Controle de . COMO ELIMINAR CARAMUJO AFRICANO E OUTROS SEM USAR VENENO. Quem nunca ouviu falar do escargot! Esse prato típico da culinária francesa feito com a carne de caracol, conquistou todo o mundo, inclusive o Brasil. Silvana: O sal, que seria uma opção para eliminar os moluscos, não é recomendado porque seu uso em excesso prejudica o solo e plantio.

O molusco pode causar sérias doenças ao homem devido à presença de microorganismos encontrados em suas secreções. A propósito, o caracol gigante africano tem sido equivocadamente designado como caramujo. Embora não seja período de maior proliferação do molusco, Setor de Endemias orienta população sobre como eliminar o caramujo , que transmite doenças. Caramujos devem ser recolhidos com luvas ou sacolas plásticas.

O caramujo não deve ser manipulado sem . De: Secretaria de Serviços Urbanos. Saiba como eliminar caramujos africanos. Bastou chover que ele começa a incomodar a população.

Categories: Uncategorized

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *